1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

8 Melhores Planos de Previdência

Os planos de previdência privada são uma alternativa à previdência do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) do Governo Federal. São oferecidos por instituições privadas para quem deseja se aposentar com um valor adicional, além da aposentadoria tradicional. São ofertados por diversas instituições financeiras, como os conhecidos bancos privados Itaú, Bradesco, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil entre outros. Antes de irmos para os planos existentes, é importante saber que existem dois tipos de previdências privadas: a fechada e a aberta.

Saiba mais Informações, acesse: Portal do Servidor DF

A Previdência Complementar Fechada é direcionada aos trabalhadores de empresas, profissionais ligados a associações, entidades de classe ou sindicatos. Cada trabalhador de um grupo contribui para a formação de um fundo de pensão que é administrado por entidades ou organizações sem fins lucrativos.

A contribuição pode ser feita deduzindo-se diretamente do salário do trabalhador, além de um valor igual dado pela empresa. Em certos casos, o valor é integralmente contribuído pela empresa.

Saiba mais Informações, acesse: Aposentadoria e Previdência – Consulta INSS 2016

A Previdência Complementar Aberta é feita por instituições privadas ou de capital misto (público-privado) com fins lucrativos e qualquer pessoa pode adquiri-la. Essa modalidade se divide em dois tipos de planos previdenciários: Vida Gerador de Benefícios Livres (VGBL) e Plano Gerador de Benefícios Livres (PGBL).

Planos de Previdência

Planos de Previdência. Imagem:Divulgação

As principais diferenças entre os dois tipos envolvem o IR (Imposto de Renda). No VGBL não é permitido abater do IR os aportes feitos para o plano. O IR irá incidir somente em cima dos rendimentos gerados pelo plano e não em cima do valor total que foi acumulado.

Ele é recomendado para quem já está investindo em PGBL, usa a declaração simplificada ou está isento, e que pretende investir acima de 12% da renda bruta diretamente na previdência privada. Já no PGBL há possibilidade de se abater da base de cálculo do Imposto de Renda os aportes feitos todo ano para o plano em até 12% da renda bruta tributável de quem investe.

Saiba mais Informações, acesse: Como Retirar o Extrato do INSS?

Ele é recomendado para pessoas que tenham optado pela declaração completa do IR. Contudo, a dedução realizada não indica que os aportes na previdência privada possuam isenção de Imposto de Renda. A incidência de Imposto de Renda irá ocorrer em cima do valor do resgate ou sobre a renda recebida no período de benefício.

Há possibilidade de realizar migração entre planos VGBL para VGBL e PGBL para PGBL na mesma ou em diferentes instituições.

Como Fazer esses Planos

Para fazer esses planos deve-se obedecer aos requisitos de cada instituição. Uma delas diz respeito à idade, pois há bancos que aceitam que a pessoa comece a contribuir desde os 14 anos (Banco do Brasil) enquanto que outros, só dos 16 em diante (Caixa Econômica Federal). Outros permitem contribuição até os 69 anos (Caixa Econômica), enquanto que há aqueles que estendem esse prazo até os 80 anos (Bradesco).

Qual melhor seguro de vida para a minha idade.

Recomenda-se que o interessado leia as regras e recomendações de diferentes instituições na hora da escolha, seja no site oficial de cada uma delas ou indo diretamente em uma agência. Também é indicado acessar o site oficial da Superintendência de Seguros Privados (Susep), entidade que regula esse mercado, e verificar se a seguradora está autorizada funcionar junto ao órgão, além de outras informações.

Saiba mais Informações, acesse: Extrato INSS Previdenciário

Os Planos de Previdência

Separamos uma lista de 8 planos de previdência privada oferecidos pelas principais instituições financeiras para você conferir. O critério escolhido foi a disponibilidade das duas modalidades VGBL e PGBL, a solidez no mercado e as taxas. São eles:

Caixa Vida e Previdência S.A. (Programa ligado à Caixa Econômica Federal);

Bradesco Vida e Previdência S.A. (Programa ligado ao Banco Bradesco);

Itaú Vida e Previdência S.A. (Programa ligado ao Banco Itaú);

Brasilprev Nosso Futuro Seguros e Previdência S.A. (Programa ligado ao Banco do Brasil);

HSBC Vida e Previdência (Brasil) S.A. (Programa ligado ao Banco HSBC);

Safra Vida e Previdência S.A. (Programa ligado ao Banco Safra);

Porto Seguro Vida e Previdência S/A. (Programa ligado à Seguradora Porto Seguro);

Zurich Santander Brasil Seguros e Previdência S.A. (Programa ligado ao Banco Santander);

Nesse link você confere uma comparação com as principais taxas de cada programa de previdência privada: http://www.moneyguru.com.br/meu-bolso/qual-o-melhor-plano-de-previdencia-privada

Por que é Importante Fazer um Plano?

O plano previdenciário privado é uma forma de se pensar no futuro no que diz respeito à renda que o trabalhador terá. A previdência pública nem sempre é satisfatória, além de que suas regras volta e meia são modificadas deixando o trabalhador confuso ou tendo que cumprir novos requisitos.

Recomendados para você: