1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (829 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Cálculo da Guia da Previdência Social – GPS

A Guia da Previdência Social é o carnê que todos os contribuintes da Previdência Social necessitam para fazer os seus recolhimentos mensais. A GPS, como é chamada, pode ser emitida pela internet, diretamente no portal da Previdência ou você pode compra-la em uma papelaria e preenche-la manualmente.

É possível gerar a guia apenas para um mês específico, assim como também para um período. Para efetuar o pagamento é preciso informar o código específico para cada categoria. Veja a seguir.

Cálculo da Guia da Previdência Social – GPS

Cálculo da Guia da Previdência Social – GPS

Guia da Previdência Social: Forma e código de pagamento – Contribuinte Individual/Facultativo

O Contribuinte Individual é aquele que exerce atividade remunerada, mas não possui vínculos empregatícios. É o trabalhar autônomo, que trabalha por conta própria. Já o facultativo é aquela pessoa que não exerce nenhuma atividade remunerada, como o estudante. Ambos podem contribuir, se souberem o código específico de pagamento e informa-lo na GPS.

O pagamento é feito mensalmente, gerando a guia no site da Previdência. É possível escolher contribuir pelo plano normal ou simplificado. No plano normal (alíquota de 20%), o código para pagamento mensal do Contribuinte Individual é 1007, já para o pagamento trimestral é 1104. Para o Facultativo, o código mensal é 1406 e o trimestral é 1457.

Guia da Previdência Social: Forma e código de pagamento – Empregado/Doméstico/Avulso

O trabalhador doméstico, empregado doméstico, empregado comum e trabalhador avulso fazem parte de outra categoria e portanto possuem seus códigos específicos de pagamento. O empregado doméstico faz suas contribuições por meio do eSocial, o empregado comum por meio da folha de pagamento da empresa, e o trabalhador avulso pela folha de pagamento do sindicato da categoria ou do órgão gestor de mão-de-obra.

O código para recolhimento mensal do empregado doméstico é 1600 e para recolhimento trimestral é 1651. Já para o trabalhador avulso, as contribuições variam de acordo com o salário, podendo ser de alíquotas de 8%, 9% ou 11%.

Guia da Previdência Social: Forma e código de pagamento – Segurado Especial

O Segurado Especial paga cerca de 2,3% incidente sobre o valor bruto da comercialização de sua produção rural. O pagamento deve ser feito sempre que o segurado vender sua produção rural à uma empresa de pessoa jurídica, consumidora ou consignatária, pela própria empresa, descontando do valor da venda o tributo e fazendo o recolhimento do INSS. O código para recolhimento mensal do segurado especial é 1503 e para recolhimento trimestral é 1554.

Guia da Previdência Social Prazos de Recolhimento

O recolhimento por meio de uma empresa ou equiparada deve acontecer até o dia 20 do mês seguinte ao que se refere à contribuição e a do 13º salário até o dia 20 de dezembro de cada ano. No caso de contribuinte individual, facultativo e segurado especial, o recolhimento deverá ser feito até o dia 15 do mês seguinte ao que se refere à contribuição.

Cálculo da Guia da Previdência Social – GPS

Cálculo da Guia da Previdência Social – GPS

No caso do empregado doméstico, o recolhimento deverá ser feito até o dia 7 do mês seguinte ao que se refere à contribuição. No caso do Microempreendedor Individual, o recolhimento deve ser feito até o dia 20 de cada mês.

Instruções para preenchimento manual do carnê

A Previdência Social dá instruções para os contribuintes que desejam comprar a GPS e preenche-la manualmente. Isso ajuda muito na hora de fazer tudo corretamente, principalmente na primeira vez.

Você pode acessar as instruções no site www.previdencia.gov.br, selecionando ‘Todos os Serviços’, ‘GPS’ e depois ‘Informações sobre preenchimento de GPS’.

Recomendados para você: