1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

CÁLCULO INSS

O INSS é responsável pela arrecadação da previdência social e pelos pagamentos dos benefícios dos brasileiros, como a aposentadoria por tempo de contribuição. Além disso, o instituto garante ao trabalhador o benefício por idade e invalidez; pensão por morte; auxílios doença, acidente e doença por acidente de trabalho; salário- maternidade e família, reabilitação profissional e 13º salário. É fácil fazer o cálculo do recolhimento das parcelas mesmo para quem é trabalhador autônomo.

INSS

Foto divulgação: INSS

Cálculo INNS empresa

 O valor da contribuição mensal ao INSS é descontado no salário dos trabalhadores que são contratos pelo regime da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). As empresas onde trabalham devem repassar os pagamentos à Previdência Social todos os meses.

Já pessoas que atuam como autônomos devem fazer o recolhimento das parcelas usando o carnê ou a Guia da Previdência Social (GPSs) que pode ser impressa no site da Previdência Social. O pagamento pode ser feito em qualquer agência bancária ou casas lotéricas.

Cálculo aposentadoria

O cálculo do GPS pode ser feito pelo site do sistema do INSS, o Dataprev, no link http://www3.dataprev.gov.br/cws/contexto/captchar/index_cipost2.html.  Também é fácil gerar a Guia e imprimir pelo site, podendo fazer o pagamento nas redes bancárias, nas casas lotéricas e também em débito automático em bancos conveniados ou em terminais de autoatendimento.

O GPS pode ser gerado no link acima, para um mês escolhido ou para um período específico, que não seja anterior aos últimos cinco anos. No mesmo endereço eletrônico, é possível simular o valor de contribuição de Pessoas Físicas e também empresas.

Para ter direito ao recebimento integral da contribuição, os homens devem recolher pelo menos 35 anos, e as mulheres 30 anos. Já na aposentaria proporcional, a pessoa deve ter uma idade e um tempo de contribuição mínima. Os homens podem solicitar a partir dos 53 anos, com 30 anos de contribuição e as mulheres com 48 anos, mais 25 anos de recolhimento.

Cálculo INSS empregada doméstica

O total das despesas que devem ser pagos pelo empregador são de 20%. Dessa soma, 8% correspondem ao recolhimento do INSS (nos próximos quatro meses, a alíquota continua de 12%); 8% para o FGTS; 3,2% para o fundo de indenização caso o empregado seja demitido e 0,8% para seguro contra acidente. O empregador terá de acrescentar mais 8%, da contribuição do trabalhador para o INSS, e descontar o valor do salário bruto do empregado.

Calculo INSS FGTS Título

No site do INSS, é possível fazer uma simulação que verifica o valor de alíquota a ser cobrada, o desconto do FGTS, quanto tempo falta para a pessoa se aposentar, além do valor do benefício. Para realizar a sua simulação, é preciso ter a numeração do NIT.

Tabela cálculo INSS

A tabela de contribuição mensal poder ser usada para verificar as faixas da remuneração e as alíquotas que caem no valor para o cálculo da contribuição a ser paga mensalmente à Previdência Social. A tabela de 2015 foi atualizada pelo INSS e o novo teto ficou em R$ 4.663,75. Atualmente, as alíquotas da tabela INSS 2015 são de 8%, 9% e 11%, que são descontados da remuneração dependendo da renda em que está alocado o trabalhador.

 INSS Aposentadoria

Foto Divulgação: INSS Aposentadoria

Calculo INSS em atraso contribuinte individual

A Dataprev, empresa responsável pelo sistema do INSS, possui um site com o SAL (Sistema de Acréscimos Legais) para cálculos em atraso de contribuintes filiados a partir de 29/11/1999. Basta entrar no site e digitar o número do NIS ou PIS/PASEP.

Tabela INSS

A incidência das alíquotas é de 8% para aqueles que ganham até R$ 1.399,12; de 9% para quem recebe entre R$ 1.399,13 e R$ 2.331,88 e de 11% para os que têm a remuneração entre R$ 2.331,89 e R$ 4.663,75. A tabela do INSS de 2015 também estabeleceu as novas alíquotas de contribuição do INSS dos funcionários empregados, domésticos e trabalhadores autônomos.

Recomendados para você: