1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

Como calcular o índice previdenciário

Criado em 1999, pelo governo de Fernando Henrique Cardoso, o fator previdenciário incide, obrigatoriamente, nas aposentadorias por tempo de contribuição. Na época de sua criação, o objetivo era reprimir os gastos da Previdência Social, que já ultrapassavam a arrecadação. Segundo fontes oficiais, desde o ano 2000 até o final de 2011, o fator previdenciário tenha conseguido trazer uma economia de R$ 55 bilhões para os cofres do governo.

Índice Previdenciário

Qualquer pessoa que queira se aposentar por tempo de contribuição está sujeito ao fator previdenciário, que leva parte do valor das pessoas que tomam a decisão de para na juventude.

índice previdenciário

índice previdenciário. Imagem:Divulgação

Como Funciona o Índice previdenciário

A aposentadoria por tempo de contribuição com fator previdenciário contempla somente o tempo que a pessoa que contribui com o INSS. No entanto, para ter direito a essa aposentadoria, o interessado deve confirmar homem ter 35 anos de contribuição e 30 anos, no caso das mulheres.

O cálculo usado para obter o fator leva em conta o tempo de contribuição da pessoa até o final, a idade do trabalhador quando quer se aposentar e a expectativa de anos que ele ainda tem de vida, além da alíquota.

Calcule o Índice Previdenciário

O cálculo é feito por uma média dos 80% maiores salários que a pessoa recebeu desde julho de 1994, ajustado pela inflação. O resultado obtido vai ser multiplicado pelo fator previdenciário e o número final vai ser o valor da aposentadoria que a pessoa deve receber. No caso dos professores, o limite mínimo de tempo de contribuição é indo de 30 anos para homens e 25 para mulheres.

Com a mudança recentemente decretada pela presidente Dilma, a fórmula para calcular a aposentadoria muda de forma progressiva seguindo a expectativa de vida da população, cuja tendência é aumentar todos com o passar dos anos. Somando-se todas as idade e o tempo de contribuição previstas serão acrescentadas de um ponto em diferentes datas. Confira abaixo como fica ano a ano.

Data: 1º de janeiro de 2017: 86 para mulheres e 96 para homens (acréscimo de 1 ponto na fórmula 95/85)
Data: 1º de janeiro de 2019: 87 para mulheres e 97 para homens (acréscimo de 2 pontos na fórmula 95/85)
Data: 1º de janeiro de 2020: 88 para mulheres e 98 para homens (acréscimo de 3 pontos na fórmula 95/85)
Data: 1º de janeiro de 2021: 89 para mulheres e 99 para homens (acréscimo de 4 pontos na fórmula 95/85)
Data: 1º de janeiro de 2022: 90 para mulheres e 100 para homens (acréscimo de 5 pontos na fórmula 95/85)

Simular Fator Previdenciário

É possível simular sua aposentadoria no site da Previdência, basta acessar o portal e clicar na modalidade de simulação. É rápido e fácil. Considera-se um fator previdenciário ruim quando quem se aposenta é novo, pois significa que trabalhou bem pouco.

É importante frisar que o índice previdenciário é usado apenas no cálculo do valor da aposentadoria por tempo de contribuição. No caso de aposentados por invalidez, não há utilização do fator, e, na aposentadoria por idade, a fórmula é utilizada de maneira opcional, só nos casos em que se manifesta para valorizar o valor do benefício.

índice previdenciário

índice previdenciário

Mudança Fator Previdenciário

Uma proposta de mudança do fator previdenciário está em votação no Congresso. A medida reduz o tempo para trabalhador ter 100% da aposentadoria. A novidade terá aplicabilidade quando o segurado opte por esta forma de cálculo. É possível também requerer aposentadoria sem incidência do fator, escolhendo pela regra 85/95 progressiva.

Em caso de dúvidas, leia outros artigos sobre este tema e procure a página oficial do órgão responsável. É importante ter todas as informações e fazer as melhores decisões sobre aposentadoria.

Recomendados para você: