1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (926 votos, média: 1,00 de 5)
Loading...

Como são Feitos os Pagamentos em Atraso da Previdência Social ?

Você começou a contribuir com o INSS, mas teve de parar porque ficou desempregado e sem condições de continuar? Esse é um caso muito comum; milhares de pessoas começam a contribuir com o INSS, mas quando perder o emprego, param de contribuir.

Isso é completamente compreensível, já que o dinheiro é curto e você precisa pensar em você e em sua família. No entanto, depois que você consegue um novo emprego e quer voltar a contribuir, pode não ser tão fácil assim. A seguir falaremos sobre como pagar o INSS em atraso.

Como são Feitos os Pagamentos em Atraso da Previdência Social ?

Como são Feitos os Pagamentos em Atraso da Previdência Social ?

É possível pagar as contribuições atrasadas do INSS?

Sim, é possível pagar todas as contribuições atrasadas da Previdência Social, desde que o contribuinte comprove que realizou atividade remunerada naquele período. Ou seja, se você parou de contribuir porque ficou desempregado, não pode pagar esses atrasados.

É necessário apresentar documentos que comprovem que o contribuinte estava exercendo atividade remunerada na época em que deixou de pagar.

E quem estava desempregado? Pode pagar?

Infelizmente o pagamento retroativo, ou seja, o pagamento atrasado das contribuições não é válido para as pessoas que estavam desempregadas no período que deixaram de contribuir. O mesmo é válido para estudantes e donas de casa que ainda que contribuam de modo facultativo, só podem efetuar suas contribuições no presente, ou seja, não podem pagar nenhum atrasado.

Muitos trabalhadores também se questionam sobre a possibilidade de antecipar contribuições, mas a gerente do INSS afirma que essa possibilidade não existe, é impossível fazer o recolhimento de contribuições futuras.

Como Pagar o INSS em Atraso

Para aqueles que trabalham no período e podem comprovar isso, é fácil pagar o INSS em atraso. Esse contribuinte deve ir até uma agência do INSS com todos os seus documentos, inclusive aqueles que provam o período de serviço e solicitar o cálculo. Para os períodos que já foram prescritos, há uma indenização que deve ser calculada junto e paga.

Depois que o cálculo é feito, uma Guia de Pagamento é impressa com o valor correto a ser pago. Se o contribuinte for preencher uma guia no site da Previdência Social, o sistema irá informar o valor correto para casos de períodos não-prescritos. Se for de objetivo do contribuinte, é possível parcelar os atrasados, indo diretamente na Receita Federal.

Previdência Social

Previdência Social

INSS Retroativo para Autônomos

Contribuintes autônomos podem pagar o INSS em atraso para antes do início de suas contribuições, ou seja, antes da sua inscrição no INSS. Esse procedimento recebe o nome de Retroação da DIC e para que ela possa ser realizada, o contribuinte deve apresentar documentos que comprovem que ele exerceu atividade remunerada sujeita a contribuição previdenciária naquele período.

Notas fiscais, recebimentos de salários e diversos outros documentos que comprovem o seu emprego podem ser usados. Se o procedimento for aprovado pelo INSS, o contribuinte irá receber uma guia para recolher os valores e a partir de então, poderá continuar contribuindo normalmente. É preciso ficar atento também às multas aplicáveis nas contribuições em atraso.

 

Recomendados para você: