1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

Consulta INSS, Autônomo 2018

A Previdência Social é responsável por garantir nossos direitos em aposentadorias, auxílios e pensões. Ela auxilia todos os cidadãos brasileiros quando necessário. Para garantir esses benefícios do INSS basta você contribuir para a Previdência.

Principalmente os trabalhadores autônomos, que também são assegurados pelo INSS se contribuir de forma legal e correta.

Para quem é autônomo a única diferença é a categoria de contribuição. Autônomos em geral e os que prestam serviços temporários podem se inscrever e pagar como contribuinte individual, a fim de garantir sua aposentadoria e até mesmo benefícios como auxílio doença e auxílio acidente.

(Foto: divulgação)

(Foto: divulgação)

Os autônomos como os: taxistas, vendedores ambulantes, diaristas, pedreiros, pintores, eletricistas, etc, se encaixam na categoria contribuinte individual, isso também vale para empresários. As vantagens do INSS para autônomos são as mesmas para trabalhadores com carteira assinada, ou seja, segue o mesmo padrão previdenciário.

Consulta INSS, autônomo 2018

No Site do INSS você pode encontrar opções de informações para todos os tipos de contribuintes, onde eles podem fazer consultas quanto a sua situação cadastral assim como consultas de serviços de interesse geral a exemplo de temas como Aposentadorias, que está divido por aposentadoria por idade, por invalidez e por tempo de contribuição; Auxílios, dividido em acidente, doença e reclusão; Pensões, do tipo por morte; Salário-família; Salário-maternidade, entre outras consultas.

Imagem:Divulgação

Imagem:Divulgação

Este tipo de consulta necessita de dados pessoais do beneficiado. Após esse processo você poderá consultar todas as informações referentes ao INSS para autônomos. Para realizar a consulta INSS autônomos visite a página da previdência no site: www.previdencia.gov.br.

Contribuição INSS autônomo 11%

Quem deseja pagar o INSS de forma autônoma pode optar pela alíquota de 11% sobre o salário mínimo base. Essa forma de contribuição é destinada somente aos contribuintes individuais e facultativos, ou seja, aqueles que trabalham por conta própria ou que prestam serviços eventuais à empresa, sem ter nenhum vínculo empregatício.

O plano simplificado permite que o contribuinte individual ou facultativo pague apenas 11% do salário mínimo. Para tal, basta usar o código certo na Guia da Previdência Social.

Valor INSS autônomo 2018

O valor do INSS dependerá do plano que você optar. Se você escolher pela alíquota de 5% que remete ao Plano Simplificado de Baixa Renda, terá que pagar alto em torno de R$46,85 todo mês. Já se você optar pelo Plano Simplificado Geral que exige o pagamento de uma alíquota de 11%, deverá desembolsar todo mês um valor de R$103,97. Se optar pelo plano normal, onde a alíquota é de 20%, terá que desembolsar um valor de R$187,40.

Como pagar o INSS por conta própria

Para pagar o INSS por conta própria você deve se cadastrar na Previdência Social. Você pode efetuar a inscrição diretamente no site da Previdência Social, basta preencher todos os campos em brancos e esperar o serviço gerar o seu número do PIS/NIT. Logo em seguida você deve escolher o tipo de contribuição e o tipo de plano, assim como o valor que irá pagar mensalmente.

Depois você deve ter acesso a GPS – Guia da Previdência Social – que pode ser emitida no site ou comprada em qualquer papelaria. Você deve preenche-la com todas as informações necessárias e, em seguida, pagar a GPS. Todo mês você deve preencher uma nova guia e pagá-la até o dia 15.

Valor INSS autônomo código 1163

O código 1163 remete ao Plano Simplificado, onde você paga uma alíquota de 11% sobre o salário mínimo. Esse código é de grande importância e deve ser de conhecimento do segurado, pois o mesmo deve informa-lo na GPS todo mês para que o pagamento seja efetuado referente a esse tipo de contribuição.

Tabela INSS autônomo

A tabela do INSS autônomo pode ser conferida diretamente no site da Previdência Social, onde você encontra todas as alíquotas, valores e códigos, além de outras informações importantes. Há diversos códigos para cada tipo de contribuição, também havendo códigos para os contribuintes rurais.

Recolhimento INSS contribuinte individual

O recolhimento do INSS para contribuinte individual pode ser mais fácil do que você imagina. Após efetuar sua inscrição, basta preencher a GPS todo mês e pagá-la até o prazo em agências bancárias ou até mesmo nas casas lotéricas de todo o país.

Você pode escolher o código e, quando desejar começar a contribuir de outra maneira, basta alterar o código de sua GPS.

Qual a melhor forma de pagar INSS autônomo

A melhor forma de contribuir varia de acordo com a sua renda. Se você for estudante ou dona de casa que não possui uma renda fixa, a melhor opção pode ser contribuir pelo Plano Simplificado de Baixa Renda.

 

Recomendados para você: