1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

Entenda mais Sobre o Coeficiente Previdenciário

O coeficiente previdenciário, ou fator previdenciário, é um cálculo matemático utilizado para uma pessoa poder se aposentar. Ele possuía como foco incentivar as pessoas a trabalharem mais para se aposentar, pois reduzia os valores recebidos por quem se aposentasse antes dos 65 anos (homens) ou 60 anos (mulheres).

Desse modo, quanto mais tempo se trabalhasse, ultrapassando-se a idade mínima, melhor era a aposentadoria. E quanto menos tempo se trabalhasse para se aposentar, pior era. Esse caso se relacionava a pessoas que se aposentassem por tempo de trabalho e não por idade.

Como Funciona o Fator Previdenciário e a Fórmula 85/95?

Em junho de 2015, o governo instituiu uma nova fórmula, a 85/95, onde para o homem se aposentar é necessário atingir 95 pontos e a mulher, 85 pontos. Nesse cálculo, a pontuação é obtida somando-se a idade da pessoa mais o tempo de trabalho no qual contribuiu para o INSS.

Se o homem tem 60 anos e trabalhou por 35 anos, soma-se 60 mais 35 e temos os 95 pontos necessários para aposentadoria. O mesmo vale para as mulheres. Se ela tiver 55 anos e tiver trabalhado por 30 anos contribuindo, o resultado dá 85 e ela pode se aposentar. Quanto mais tempo se tiver trabalhado contribuindo com a previdência, menos idade é necessário para se aposentar com o valor integral da aposentadoria.

fator previdenciario

Entenda mais Sobre o Coeficiente Previdenciário. Imagem:divulgação

Entretanto, a partir de 2019 deverá ser acrescentado 1 ponto à soma. Desse modo, será necessário obter 96 pontos para os homens e 86 para as mulheres. Em 2021, serão 2 pontos a mais. Em 2023, 3 pontos. Em 2025, 4 pontos. E em 2027, 5 pontos, de modo que a partir de 2028 sejam sempre 5 pontos até que seja estabelecida alguma nova mudança.

Já quem quiser se aposentar antes de atingir essa pontuação, pode fazê-lo por meio do fator previdenciário anterior. Nesse modelo, no entanto, haverá queda no valor a ser recebido.

Acesse e saiba mais informações:Plano de previdência Itaú

Cálculos do Fator Previdenciário

O cálculo desse fator funciona da seguinte maneira:

– Para se aposentar por ele, é necessário ter 30 anos trabalhados em que se contribuiu para a previdência, no caso das mulheres, e 35 anos de contribuição para homens;

– Tendo esse requisito, pega-se uma média de 80% dos melhores salários recebidos desde junho de 1994, com ajuste da inflação. O resultado será a aposentadoria integral;

previdencia

Entenda mais Sobre o Coeficiente Previdenciário. Imagem:divulgação

– É acrescentado no cálculo fatores como: tempo de contribuição, expectativa restante de vida em anos, uma alíquota de 0,31 e a idade na hora da aposentadoria. O resultado disso é o fator previdenciário, o qual se multiplica pela média obtida anteriormente para se ter o valor da aposentadoria;

– Quem se aposentar mais cedo, terá o coeficiente menor, o que diminui o valor da aposentadoria. Quem se aposentar mais tarde, consegue até mesmo aumentar a aposentadoria a que teria direito;

Acesse e saiba mais informações: O que cobre um seguro de vida?

Tabela Vigente do Ano

Quem quiser saber mais sobre os números desse cálculo, pode conferir a tabela dos coeficientes previdenciários no seguinte link:

http://www.ieprev.com.br/conteudo/id/26372/t/tabela-de-fator-previdenciario

Só realizar o download da tabela vigente do ano e conferir quais os coeficientes obtidos para diversos cálculos envolvendo a relação entre diferentes  idades de aposentadoria e de contribuição.

Vale lembrar que professores e professoras podem se aposentar com menos tempo de trabalho, sendo 30 anos de contribuição para professores e 25 para professoras.

No caso do fator 85/95, professores têm de conseguir 90 pontos e professoras, 80 pontos.

Recomendados para você: