1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

INSS Reajuste

Muito se fala sobre o reajuste do benefício para os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional de Seguro Social, também conhecido como INSS, e este assunto pode ser até mesmo polêmico.

O reajuste acontece ano a ano e vários fatores influenciam o valor final desta adequação, como por exemplo, a quantidade de dinheiro disponibilizada pelo Governo Federal para esta reserva, o Produto Interno Bruto do país, a inflação da nossa moeda e a Tabela Nacional de Preços ao Consumidor. Com a porcentagem já anunciada, o beneficiário consegue controlar suas despesas futuras e fazer seus próprios planos.

INSS Reajuste

INSS Reajuste

Reajuste de benefício INSS

 Ficou decidido pelo Governo Federal brasileiro que o valor do reajuste seria o mesmo para todos beneficiários. Em 2017, aposentados que recebem mais de um salário-mínimo terão o valor de seu benefício reajustado em 6,58%. Este índice foi oficializado em 2016 pelo Ministério da Fazenda e está em vigor desde o dia primeiro de fevereiro. Com a correção, o teto da Previdência Social sobe de R$ 5.189,82 para R$ 5.531,31. Desta forma, o beneficiário que recebia R$ 2.000,00 passa a ganhar R$ R$ 2130,60.

A polêmica do reajuste se dá, porém, pelo fato de que esta adequação é bem menor do que a porcentagem reajustada de 2015 para 2016. O orçamento previsto para 2017 pelo presidente Michel Temer (PMDB) era de 7,5%, enquanto no ano passado este número era de 11,28%. A reposição foi feita com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que foi divulgado no final do ano passado.

Além disso, não há ganho real nessa quantia disponibilizada e reajustada pelo Instituto Nacional de Seguro Social, uma vez que a correção não acompanhou o índice de inflação, muito maior do que os 6,58% do reajuste.

Reajuste INSS para aposentados que ganham salário mínimo

 A reposição para o reajuste para o salário mínimo foi feita com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor de 2015, podendo ser estimado, mais o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos anteriores. O PIB é a soma das riquezas produzidas em território nacional.

A diferença entre as contas feitas para o reajuste para quem ganha o mínimo e para quem recebe mais do que isso se deve à chamada “política de valorização do salário mínimo”, que propõe que os benefícios mínimos cresçam mais do que o benefício para quem recebe mais dinheiro.

Porém, em 2017, devido ao INPC ser estimado e o crescimento do país em 2015 ter sido negativo, a correção do benefício mínimo será menor do que a porcentagem para quem ganha mais que isso. A adequação do mínimo ficou então 0,10% menor do que o reajuste para quem recebe mais, e o salário mínimo que era R$ 880,00 sobe para R$ 937, 6,48% maior.

Previdência Social

Previdência Social

Revisão da Aposentadoria Reajuste INSS

Sempre vemos nos noticiários, no rádio, na TV e nos jornais, discussões sobre o deficit na Previdência Social e no Instituto Nacional de Seguro Social. Essas questões levam o governo federal brasileiro, em diversos mandatos vigentes, a criarem várias leis e revisar continuamente o sistema de aposentadoria e previdenciário do nosso país, com o objetivo de buscar a estabilidade dos cofres públicos.

Para o beneficiário que se sentir lesado com estas mudanças, existe a Revisão da Aposentadoria, que é um direito do cidadão aposentado que, devido às diversas mudanças na legislação e nas regras previdenciárias, sofrem com as falhas nos cálculos e na fiscalização do INSS, por conta de brechas. É bastante comum que o segurado precise fazer uma revisão de sua aposentadoria por conta de ganhar abaixo do que é determinado por lei.

 

Recomendados para você: