1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

O que é aposentadoria compulsória?

Com tantas mudanças propostas relacionas com a previdência social e aposentadoria, ficam muitas dúvidas em relação ao assunto. Uma das “modalidades” da aposentadoria é a compulsória e que nem todo mundo sabe como ela funciona. Então, mesmo que você não esteja prestes a se aposentar, confira uma pouco mais sobre ela.

O que é aposentadoria compulsória?

Como o nome já diz, esse tipo de aposentadoria não é escolhido pelo próprio aposentado, mas ela de certa forma obriga o trabalhador a entrar com o pedido.

aposentadoria compulsória

aposentadoria compulsória. Imagem:divulgação

São muitos os fatores que podem levar a essa decisão compulsória como idade, doenças (que podem ser físicas ou mentais), por decisão judicial e outros.

Aposentadoria compulsória 70 ou 75 do servidor publico

Em 1988, ficou designado na Constituição Federal brasileira que todos os funcionários públicos que atuam na União, nos Estados, nos Municípios e no Distrito Federal deveriam se aposentar obrigatoriamente aos 70 ou 75 anos. Já uma lei complementar de 2015 determinou que a idade então para a aposentadoria compulsória dos servidores seria de 75 anos.

Acesse e saiba mais informações: INSS Extrato de Pagamento

Aposentadoria compulsória 65 anos

Já para os outros tipos de trabalhadores, a aposentadoria compulsória antes da reforma da previdência social é de 65 anos para as mulheres e 70 anos para os homens, ou seja, ao trabalhar por tantos anos e atingir essa idade, o trabalhador deve obrigatoriamente dar entrada no seu pedido de aposentadoria.

Aposentadoria compulsória INSS

Todo o regime feito Previdência Social para a aposentadoria é administrado pelo Ministério da Previdência Social, sendo que suas prestações são concedidas pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

aposentadoria compulsória

aposentadoria compulsória. Imagem:divulgação

Vale lembrar que a aposentadoria é feita a partir da contribuição durante toda a vida – independente de qual modalidade você escolhe para o seu investimento durante toda a vida. Além da previdência social, existe também a previdência privada.

Aposentadoria compulsória CLT

Contratações através do regime CLT também podem ter aposentadorias compulsórias e que, muitas vezes, é exigida pelo próprio patrão, principalmente por conta da idade. Mas fique atento e, se achar que está na hora, faça um acordo mesmo antes do pedido da aposentadoria compulsória para que você não perca nenhum direito que é seu.

Acesse e saiba mais informações: CND INSS – Emissão de Certidão Negativa INSS

Aposentadoria compulsória 2016

Até 2016, a aposentadoria compulsória era determinada por tempo de trabalho e também idade alcançada pelo trabalhador, que fosse de 75 anos para os servidores públicos, 65 para mulheres e 70 para homens em caso de outros serviços.

Aposentadoria compulsória 2017

Mas, com as mudanças da reforma da previdência social, a idade para a aposentadoria compulsória tem tudo para mudar.

aposentadoria compulsória

aposentadoria compulsória. Imagem:divulgação

Isso porque a ideia é que o tempo calculado para a aposentadoria esteja relacionado a uma conta feita com a idade e o tempo de contribuição com o INSS, o que no caso de alguns pode chegar a ultrapassar a faixa de idade estabelecida até então.

Aposentadoria compulsória idade

Como já informado anteriormente, a aposentadoria compulsória por idade é de 75 anos – algo que sofreu modificação através dos anos. Mas claro que o futuro aposentado deve ter contribuído a sua vida toda e é uma das justificativas mais comuns para que as empresas faça o pedido compulsório para os seus funcionários.

A questão da aposentadoria gera muito dúvida e até polêmica, mas uma coisa é certa: todos vamos aposentar um dia. Então, é muito importante ter noção de todos os seus direitos para que você não seja prejudicado mesmo com uma aposentadoria compulsória. Você pode tirar suas dúvidas, em uma unidade de atendimento da Previdência Social, com pessoas do seu círculo social e até especialistas como advogados do ramo trabalhista. Só não deixe de ter aquilo que é seu por direito.

Recomendados para você: