1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

A Reforma da Previdência traz duas paradas para a aposentadoria

A Reforma da Previdência vem apresentando diversas mudanças na forma como o cidadão poderá solicitar sua aposentadoria ou até mesmo nos requisitos que deverá cumprir. É sempre bom ficar atento a todas essas mudanças e detalhes, por mais que você ainda esteja longe de se aposentar ou nem tenha começado a contribuir ainda com o órgão.

Dessa forma estará por dentro de todas as informações e poderá se certificar de atingir todos os requisitos para que possa obter sua aposentadoria. Uma das mudanças que a Reforma da Previdência traz é o pagamento de dois pedágios para aposentadoria. Veja mais a seguir.

Reforma da Previdência

Aqueles segurados do INSS que não conseguirem obter a aposentadoria pelas regras atuais e forem alcançados pela Reforma terão que arcar com dois pedágios, sendo um pela idade e o outro por tempo de contribuição. Além do acréscimo de 30% no período de contribuição, haverá um acréscimo de acordo com a idade mínima do indivíduo.

Essa nova mudança ainda não está em vigor, mas já é bom ficar ciente sobre ela e o que ela poderá causar na vida de todos os segurados brasileiros.

Regras da Aposentadoria hoje

Atualmente as regras da aposentadoria ainda continuam as mesmas, mas para entender as mudanças, é fundamental estar a par de como funciona para solicitar. Você pode solicitar a aposentadoria por tempo de contribuição, e nesse caso é preciso contribuir por 30 anos no caso das mulheres ou por 35 anos no caso dos homens.

Outra opção é solicitar a aposentadoria somando a sua idade com o seu tempo de contribuição; nesse caso é preciso que o resultado dê 85 para as mulheres e 95 para os homens. Já a última opção para solicitar a aposentadoria é comprovar 15 anos de contribuição e ter 60 anos no caso das mulheres ou 65 anos no caso dos homens. Aqueles que preenchem esses requisitos atualmente já podem entrar com o pedido de aposentadoria e não sofrerão com as mudanças da Reforma da Previdência.

O novo pedágio por idade

Caso a mudança seja aprovada, o INSS passará a possuir uma idade fixa para que os segurados solicitem a aposentadoria: 53 anos para as mulheres e 55 anos para os homens. Além disso, a idade fixa exigida aumenta 1 ano a cada dois anos. Por exemplo, em 2020 a idade fixa seria de 54 anos para as mulheres e de 56 anos para os homens.

Essa escala para de subir até atingir a idade fixa de 62 anos para as mulheres e 65 anos para os homens.
Por exemplo, aquelas mulheres com 51 anos agora, só poderão se aposentar em 2021 com 54 anos.

O novo pedágio por tempo de contribuição

Há também um pedágio que será cobrado na fase de transição. O acréscimo será de 30% em relação ao tempo de contribuição exigido, que é de 30 anos para as mulheres e 35 anos para os homens. Se falta um ano para solicitar a aposentadoria, o segurado terá que pagar por mais quatro meses, e assim sucessivamente.

Recomendados para você: