1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

Veja quais são as Alíquotas de Contribuição INSS

O INSS – Instituo Nacional do Serviço Social – é um órgão que trabalha juntamente da Previdência Social, efetuando os pagamentos dos segurados e aposentados, e recebendo as contribuições de toda a população brasileira. O INSS também é o responsável por pagar todos os benefícios e auxílios da Previdência.

A Guia da Previdência Social, conhecida como GPS, é paga por diversas pessoas com uma renda diferenciada. Além disso, há os pagamentos feitos pelas empresas. Em meio a tudo isso fica difícil saber quanto você está contribuindo, não é? Para isso que servem as tabelas de contribuição mensal do INSS. Veja a seguir o que elas são e como podem ser usadas.

Veja quais são as Alíquotas de Contribuição INSS

Veja quais são as Alíquotas de Contribuição INSS

Tabela de Contribuição Mensal do INSS

A tabela de contribuição mensal do INSS nada mais é do que uma tabela que possui o valor da alíquota que cada pessoa deve contribuir todo o mês, de acordo com seu salário e a categoria em que se enquadra. Essa tabela pode ser usada para consultas de faixas de salário de acordo com cada alíquota que essas faixas precisam pagar.

Por exemplo, se você é empregado doméstico e recebe até R$1.659,38, sua alíquota é de 8%. Ou seja, você deve pagar 8% do que recebe ao INSS. Essa tabela pode ser impressa para você ter sempre em casa e nunca esquecer o que deve pagar.

Tabela para Empregado, Empregado Doméstico e Trabalhador Avulso

Devemos ressaltar que todos os anos os valores das tabelas são alterados, de acordo com o salário-mínimo vigente e outros detalhes importantes. Os valores de 2017 deixaram de ser válidos a partir de 1º de janeiro de 2018.

Se você é um empregado, empregado doméstico ou trabalhador avulso que recebe até R$1.659,38, deve pagar uma alíquota de 8%. Já se o seu salário varia de R$1.659,39 a R$2.765,66, a alíquota é de 9%. No entanto, caso o salário varie de R$2.765,67 a R$5.531,31, a alíquota passa a ser de 11%.

Tabela para Contribuinte Individual Facultativo

Nessa categoria se enquadram jovens sem emprego ou até mesmo trabalhadores sem carteira assinada, que trabalham por conta própria.

Nessa categoria as alíquotas agem sobre o salário mínimo vigente. Em 2017, o salário é de R$937,00 e a alíquota pode ser de 5%, 11% ou 20%, de acordo se o indivíduo é contribuinte individual ou facultativo. No primeiro caso, o valor da contribuição é de R$46,85; no segundo caso é de R$103,07 e no último caso, R$187,40.

Previdência Social

Previdência Social

A alíquota de 5% é para as pessoas da categoria de Microempreendedor Individual e do Facultativa de Baixa Renda. A alíquota de 11% é para as pessoas do Plano Simplificado da Previdência. Para buscar mais informações acesse o site da Previdência, lá você também encontra as tabelas dos anos anteriores.

Se preferir, pode se dirigir até uma unidade do INSS com seus documentos. Lembrando que a qualquer momento os contribuintes individuais ou facultativos podem mudar de categoria, alterando o código de contribuição no momento que preencherem a Guia da Previdência.

Recomendados para você: