1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

Reforma da Previdência: Como Fica a Regra de Aposentadoria para Professor

A reforma da previdência criou uma nova proposta de aposentadoria para professores que são servidores públicos e que já estão trabalhando. Os professores que comprovarem estar dando aula em tempo efetivo cumprindo a sua função, seja ela educação infantil, no ensino fundamental ou no ensino médio, com exclusividade, a nova regra de transição prevê para os mesmos 5 anos a menos de contribuição do que para os demais docentes.

Veja como vai ser a nova Reforma da Previdência para professor.

Regra de Transição para Professores

Reforma da Previdência. Imagem: divulgação

Para poder se aposentar contando com 5 anos a menos do que os demais docentes, será necessário que comprove alguns itens, como:

– As mulheres deverão ter idade de 51 anos, e os homens ter idade de 56 anos, na data em que a Emenda da Constituição for promulgada;

– As mulheres deverão comprovar 25 anos de contribuição e os homens deverão provar 30 anos de contribuição;

– A idade para homens e mulheres muda a partir de 1º de janeiro de 2022, as mulheres deverão ter idade de 52 anos e os homens deverão ter idade de 57 anos;

– A soma do tempo de contribuição e a idade para as mulheres deverá chegar em 81 pontos, para os homens a soma deverá ser de 91 pontos;

– Nesse caso em que é feita a soma de idade e o tempo de contribuição a partir de 1º de janeiro de 2020, vai ser acrescentado 1 ano a cada ano, até chegar a soma de 95 pontos para professoras e 100 pontos para professores.

Remuneração do Servidor

Na Reforma da Previdência a remuneração dos professores será feita da seguinte maneira:

Reforma da Previdência. Imagem: divulgação

O docente que iniciou no serviço público até 31 de dezembro de 2003, que tiver idade de 62 anos para mulher e 65 para homens que se aposentar, irá receber remuneração total que tinha no cargo enquanto estava na ativa.

Já os que não conseguirem se encaixar nessa regra, a aposentadoria será feita através de um cálculo aritmético simples dos salários de contribuição, desde julho de 1994, levando em conta 60% da média, acrescentando 2% a cada 12 contribuições mensais, feitas de forma que passem os 20 anos de contribuição, que está limitado a 100%.

O professor que se aposentar depois da reforma deverá comprovar 30 anos de contribuição, tanto homens quanto mulheres no cargo de professor e ter idade mínima de 60 anos.

Remuneração Rede Privada

O somatório entre idade e contribuição deverá atingir o total de 81 pontos para mulheres e 91 pontoa para homens. Depois de janeiro de 2020 será acrescentado um ponto a cada ano de contribuição para homens e mulheres até o limite de 95 para mulheres e 100 para homens.

As regras são basicamente as mesmas. Porém é importante que você esteja ciente de todas elas para que não ocorra nenhum engano na hora de se aposentar e até mesmo na hora de escolher qual a melhor forma de contribuir para a previdência.

Espero que tenha ajudado na sua compreensão. Deixe seu comentário, pois para nós ele é muito importante.

Recomendados para você: