1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 4,00 de 5)
Loading...

Saiba o que é a carência por aposentadoria

Quando o cidadão vai solicitar uma aposentadoria da Previdência Social ele se depara com alguns requisitos que devem cumprir, como idade mínima, tempo mínimo de contribuição e um tempo de carência. Nem todos sabem o que isso significa e acabam interpretando de forma errada, o que leva a problemas na hora de solicitar a aposentadoria desejada.

Para que isso não volte a acontecer, a seguir nós esclarecemos o que é a carência, qual é o tempo solicitado para cada aposentadoria e demais detalhes. Confira!

Aposentadoria

Aposentadoria

O que é a carência?

A carência ou período de carência se caracteriza pelo número mínimo de meses que foram feitos contribuições para o INSS, para que o segurado possa ter direito a receber o benefício. Ou seja, o segurado precisa ter contribuído pelo mínimo X meses para poder solicitar X aposentadoria.

A carência é contada de acordo com o tipo de atividade que o segurado exerce e da categoria em que ele contribui, assim como do período em que ele se filiou à Previdência.

Carências dos Benefícios para Aposentadoria

Cada benefício da Previdência possui um período de carência que deve ser preenchido pelo segurado para que possa receber o benefício solicitado. Na aposentadoria por tempo de contribuição, por exemplo, é preciso comprovar 180 meses efetivamente trabalhados para efeito de carência, tanto para a regra 85/95 progressiva, quanto para a regra com 30/35 anos de contribuição. Na regra proporcional essa carência também é solicitada.

No caso de aposentadoria por tempo de contribuição da pessoa com deficiência, é preciso comprovar carência apenas se o grau da deficiência for considerado leve; nesse caso é preciso comprovar 180 meses trabalhados. O mesmo tempo de carência é solicitado no caso de Aposentadoria Especial e Aposentadoria por Tempo de Contribuição do Professor.

Carência do Contribuinte Individual ou Facultativo

Nesses dois casos a carência começa a contar a partir do momento em que o cidadão optou por pagar a Previdência por conta própria, na categoria de contribuinte individual ou facultativo e realiza o seu primeiro pagamento. Ou seja, caso o cidadão tenha se inscrito no início do mês e realiza seu pagamento apenas no final do mês, a carência começou a contar a partir do pagamento.

Caso os pagamentos sejam feitos após o vencimento, ele não será contado para efeito de carência. Sendo assim, apenas os pagamentos em dia são contados para efeito de carência.

Aposentadoria

Aposentadoria

Carência do Empregado Doméstico

A carência para esse tipo de segurado começa a contar a partir do dia em que é realizado o primeiro pagamento em dia ao INSS, nesta condição. Caso o cidadão não consiga comprovar que o primeiro pagamento foi realizado em dia no momento de solicitar o benefício, a carência ainda pode ser contada a partir da data de início do exercício de sua atividade como empregado doméstico.

Todas as regras sobre o efeito de carência podem ser obtidas em uma agência da Previdência ou no site do órgão na internet: www.previdencia.gov.br/, basta selecionar “Informações Gerais” e “Carência”.

Recomendados para você: