1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

Valor do Seguro Desemprego

O seguro desemprego pode ser solicitado após uma demissão sem justa causa, desde que o trabalhador preencha os requisitos mínimos exigidos.

O valor do seguro desemprego pode sofrer alterações de acordo com o tipo de emprego e também sofre alterações anualmente, ou seja, é corrigido de acordo com as taxas do país. Veja a seguir a nova tabela do benefício para 2016, assim como as novas regras.

Valor do Seguro Desemprego

O valor do seguro desemprego para 2016 sofreu um reajuste de 11,28% e ainda trouxe mais mudanças para a população. Agora, quem recebe um salário de até R$1.360, irá receber uma parcela cujo valor será o resultado da multiplicação do salário médio por 0,8.

A maior parcela do seguro desemprego aumentou ainda mais, passando de R$1.385 para R$1.542,24. Houve também outros reajustes e mudanças nos requisitos para as solicitações.

Quem tem Direito ao Seguro Desemprego

Podem solicitar o seguro desemprego todos os trabalhadores demitidos sem justa causa que não possuírem renda própria para o sustento de sua família e que não estiverem recebendo nenhum outro tipo de benefício da Previdência Social, com exceção de pensão por morte ou auxílio-doença.

Há também outros requisitos que precisam ser preenchidos de acordo com a quantidade de vezes que você já solicitou.

Quantidade de Parcelas do Seguro Desemprego 2016

O seguro desemprego é pago em no máximo 5 parcelas ao trabalhador e depende de alguns fatores, como o tempo de serviço nos últimos 36 meses. A quantidade de parcelas que determinado trabalhador irá receber também vai depender se ele está solicitando pela primeira, segunda ou terceira vez o seguro.

Para a primeira solicitação, o trabalhador poderá receber 4 ou 5 parcelas. O mesmo vale para a segunda solicitação, mudando apenas para a terceira solicitação que pode ter 3, 4 ou 5 parcelas.

Solicitar Seguro Desemprego pela 1ª vez

O trabalhador que estiver solicitando pela primeira vez deverá comprovar tempo de serviço de no mínimo 18 e no máximo 23 meses, com pessoa jurídica ou física. Nesse caso, o seguro será parcelado em 4 vezes.

O seguro será parcelado em 5 vezes se o trabalhador comprovar tempo de serviço de no mínimo 24 meses com pessoa jurídica ou física.

Saiba mais Informações, acesse: Saiba Quando um Cinquentão Poderá Pedir a Aposentadoria

Solicitar Seguro Desemprego pela 1ª vez

Solicitar Seguro Desemprego pela 1ª vez

Solicitar Seguro Desemprego pela 2ª vez

Já o trabalhador que estiver solicitando o seguro pela segunda vez, deverá preencher um dos seguintes requisitos: vínculo empregatício com pessoa jurídica ou física de no mínimo 9 e no máximo 11 meses, nesse caso irá receber 4 parcelas; vínculo empregatício com pessoa física ou jurídica de no mínimo 12 e no máximo 23 meses, nesse caso irá receber 5 parcelas ou; vínculo empregatício com pessoa física ou jurídica de no mínimo 24 meses, nesse caso irá receber 5 parcelas também.

Solicitar Seguro Desemprego pela 3ª vez

Quem estiver solicitando pela terceira vez poderá receber 3 parcelas, mas apenas se comprovar o vínculo empregatício entre 6 e 11 meses com pessoa física ou jurídica.

Quem comprovar vínculo empregatício de no mínimo 12 e no máximo 23 meses irá receber 4 parcelas, e quem comprovar vínculo empregatício de no mínimo 24 meses receberá 5 parcelas.

Saiba mais Informações, acesse: Conheça os Direitos dos Clientes do HSBC que são Aposentados

Valor do Seguro Desemprego

Valor do Seguro Desemprego

Tabela Seguro Desemprego 2016

A tabela do seguro desemprego trouxe mudanças nos valores. Além do que já foi citado anteriormente, os salários médios que vão de R$1.360,71 até R$2.268,05 seguiram a seguinte regra: o que exceder a R$1.360,71 será multiplicado por 0,5 e somado R$1.088,56.

Saiba mais Informações, acesse: O que Fazer para Antecipar a Aposentadoria ?

Já os salários médios que ficarem acima de R$2.268,05, receberão uma parcela de no máximo R$1.542,24.

 

Recomendados para você: